Top 5 melhores monitores ultrawide

Elaborámos uma lista de 4 dos melhores monitores ultrawide do mercado. Escolher bem um monitor com este formato pode ser difícil, pois existem muitos modelos disponíveis. Pretendemos que consiga definir as suas opções depois de ler este artigo.

O formato ultrawide é polivalente: é muito útil para trabalhar e proporciona uma experiência de jogo superior. Estes monitores vieram para o mercado querendo roubar o lugar dos setups constituídos por vários monitores dispostos lado a lado e são cada vez mais populares; para além de terem captado a atenção dos utilizadores de vários monitores, também cativaram os utilizadores que nunca sequer equacionaram setups de vários monitores, seja por não gostarem da ideia ou não terem um espaço físico ideal.

Os melhores monitores ultrawide

Para esta seleção, restringimo-nos a monitores com as seguintes características:

  • 34 polegadas de diagonal. Trata-se de um tamanho já bem grande (na horizontal, corresponde a um monitor de 27 polegadas colado a 1/3 de outro monitor de 27 polegadas). Com este tamanho, já é possível usufruir de todas as comodidades que proporciona um monitor deste estilo.
  • Resolução UWQHD (Ultrawide Quad High Definition), o que neste tamanho se traduz numa resolução de 3440 x 1440 píxeis. Isto resulta numa densidade de píxeis muito confortável, com a qual não se apreciam os píxeis individuais durante uma utilização à distância normal. Na nossa opinião, não faz sentido adquirir um monitor ultrawide de 34” com resolução inferior a esta.
  • Ecrãs curvos. Uma ligeira curvatura compensa o facto de as extremidades do ecrã estarem tão longe, devido ao tamanho da diagonal. Como o utilizador está sempre num ponto central, a curvatura adequa-se perfeitamente e faz todo o sentido nestes monitores (ao contrário das curvaturas em TVs, que para nós não fazem qualquer sentido).
  • Base que permite alguma versatilidade de, pelo menos, inclinação.
voltar ao menu ↑

Dell UltraSharp U3415W

Dell U3415W

Envio grátis
Última atualização a:18 de Novembro de 2019 18:23 Europe/Lisbon
em stock
654,74
  • Estrutura sóbria e elegante.
  • Trata-se do nosso monitor de eleição. Temo-lo no Quero isto e estamos muito contentes: veja a nossa análise completa aqui.
voltar ao menu ↑

ASUS ROG Swift PG348Q

ASUS ROG Swift PG348Q

1 usado(s) a partir de €899,00
Envio grátis
Última atualização a:18 de Novembro de 2019 18:23 Europe/Lisbon
em stock
925,00 1.099,00
  • Design moderno e arrojado.
  • Concebido para gaming, pois para além do design contundente, é compatível com a tecnologia G-Sync, tem uma taxa de atualização elevada (100 Hz) e um tempo de resposta baixo (4 ms).
voltar ao menu ↑

Samsung LC34F791WQNXZA

Samsung LC34F791WQNXZA

5 usado(s) a partir de €510,76
Envio grátis
Última atualização a:18 de Novembro de 2019 18:23 Europe/Lisbon
em stock
727,21 849,00
  • Aspeto muito cativante, com a parte traseira branca.
  • Tem um design elegante, sóbrio e sofisticado, mas tem potencial para gaming, pois tem tecnologia FreeSync, taxa de atualização de 100 Hz e baixo tempo de resposta (4 ms).
voltar ao menu ↑

HP Envy 34

HP Envy 34

1 usado(s) a partir de €715,00
Envio grátis
Última atualização a:18 de Novembro de 2019 18:23 Europe/Lisbon
em stock
787,78
  • Tem a particularidade de ter os altifalantes visíveis por baixo do ecrã, sendo estes da marca Bang & Olufsen.
  • Design elegante.
  • A base permite inclinar o ecrã.
  • Câmara e microfone incorporados, visíveis apenas quando em utilização.
voltar ao menu ↑

Como escolher um monitor ultrawide

Escolher um monitor de secretária pode parecer um tema sem assunto, mas tem muito que se lhe diga. Afinal, mais de 99 % do tempo que passamos a utilizar um computador, seja ele fixo ou portátil, passamo-lo a olhar precisamente para… o monitor! Por isso, é preciso escolher um monitor, ou um conjunto de monitores, que corresponda exatamente às nossas necessidades. O formato ultrawide satisfaz a necessidade de engenheiros de som, produtores de filmes, designers, gamers e muitos outros profissionais.

voltar ao menu ↑

Tamanho do monitor

O tamanho normalmente é medido através da diagonal do ecrã, sendo mais comum utilizar polegadas e não centímetros para representar essa dimensão.

É importante definir primeiro a distância à qual vamos estar a olhar para o monitor e, depois, escolher um tamanho que seja confortável. Para um monitor ultrawide, para nós não faz muito sentido um tamanho inferior a 34 polegadas.

voltar ao menu ↑

Resolução

Corresponde à área de trabalho efetiva, ou seja, ao número de píxeis disponíveis na horizontal e na vertical. Para trabalhar com muitas janelas abertas ou com programas com muitas opções (edição de imagem ou vídeo), é preferível que a quantidade de píxeis disponível nos permita ver todos os controlos. Normalmente, quanto mais, melhor; mas é preciso garantir que a placa gráfica que utilizamos no setup consegue trabalhar com essa resolução. Para um monitor ultrawide, recomendamos pelo menos uma resolução UWQHD (ultrawide quad high definition, ou seja, 3440 x 1440).

voltar ao menu ↑

Densidade de píxeis

Esta característica reflete a ponderação entre os dois fatores anteriores, pois se aumentarmos o tamanho do ecrã mantendo a mesma resolução, vamos estar a diminuir a densidade de píxeis; por outro lado, se aumentarmos a resolução mantendo o mesmo tamanho de ecrã, vamos estar a aumentar a densidade de pixeis.

Para avaliar a densidade mais confortável, ou seja, aquela densidade em que, para a distância à qual estamos do monitor, não se notam os píxeis individuais, não há nada melhor do que ir a uma loja e experimentar. No caso de monitores ultrawide, a combinação da resolução e tamanho anteriormente referidos (34”, 3440×1440) gera uma densidade de píxeis muito confortável para ter numa secretária à distância de um braço estendido (ou até mais perto).

voltar ao menu ↑

Taxa de atualização

Reflete o número de imagens por segundo que o monitor consegue apresentar. A taxa de atualização padrão costuma estar nos 60 Hz (60 imagens por segundo). Apenas se justifica uma taxa maior no caso de jogos de ação rápida, havendo no mercado monitores com uma taxa de atualização até 144 Hz, que proporcionam uma fluidez impressionante, mas lá está, apenas útil para quem quer um setup avançado para jogos.

voltar ao menu ↑

Latência

Corresponde ao tempo necessário para o monitor processar a informação recebida e apresentar a imagem correspondente. Os valores padrão costumam estar entre os 10 milissegundos (ms) e os 20 ms; se este valor for muito maior, já será possível notar visivelmente um desfasamento, por exemplo, entre o momento em que carregamos numa tecla e o momento em que vemos a ação dessa tecla no ecrã. Trata-se de uma característica essencial para jogos, onde uma baixa latência é imprescindível para jogos mais competitivos, havendo monitores com latência de 1 ms para os mais exigentes.

voltar ao menu ↑

Ângulo de visão

Corresponde ao ângulo através do qual podemos olhar para o ecrã sem ver distorção de cores. É uma característica importante no caso de configurações com múltiplos monitores, onde é possível não estarmos exatamente de frente para todos os monitores. Normalmente, monitores IPS têm um melhor ângulo de visão.

voltar ao menu ↑

Conectividade

Em termos de transmissão de sinal de imagem, praticamente todos os monitores modernos possuem pelo menos uma conexão HDMI. Alguns poderão ter mais opções, como por exemplo DisplayPort, DVI, Thunderbolt ou USB.

voltar ao menu ↑

Áudio

Se não quisermos ter preocupações em arranjar colunas que «fiquem bem» ou sejam compatíveis com o nosso setup, pode ser útil que o monitor possua altifalantes incorporados.

voltar ao menu ↑

Número de monitores

É um fator a ter em conta caso precisemos de uma grande área de trabalho ou de jogo. Cabe referir que se pretendermos juntar os monitores, por muito finos que sejam or bordos do ecrã, há sempre uma zona que vai ficar «sem imagem», que terá a largura de dois bordos; se os monitores não ficarem exatamente lado a lado, os bordos obviamente já não serão um problema. Se usarmos

voltar ao menu ↑

Formato

Estão a surgir cada vez mais opções de monitores ultrawide, ou seja, 21:9; trata-se da mesma resolução utilizada nos filmes de cinema (daí as barras pretas em cima e em baixo quando se usa um monitor ou televisão com formato 16:9). Esta solução representa uma boa alternativa a um setup com múltiplos monitores, pois a área horizontal é maior e não há «bordos de ecrãs» a interferir na imagem.

Deixe um comentário

      Comentar

      Quero isto!
      Comparar itens
      • Total (0)
      Comparar
      0
      A loja Gearbest está com descontos de fazer inveja a qualquer Black Friday.
      Festival de descontos 11/11
      VER DESCONTOS
      Festival de descontos
      Coooookies!
      Usamos cookies próprios e de terceiros para monitorizar o desempenho do site e para lhe apresentar conteúdos específicos (blocos de imagens, vídeos do YouTube, etc.). A sua privacidade será sempre uma prioridade para nós!
      OK, aceito!
      Definições de cookies
      Política de privacidade